compostagem

Compostagem: motivos para ter o seu sistema em casa

Publicado

Você já ouviu falar em compostagem? No artigo de hoje, trouxemos alguns motivos que explicam os benefícios da criação de uma composteira caseira e, além disso, mostramos os passos para a elaboração do processo em casa.

Para saber mais, siga a leitura do artigo! 

O que é compostagem? Quais são os seus benefícios?

Pensar global, agir local. Você entende o impacto que essa pequena frase carrega consigo?

Em nossos artigos, frequentemente abordamos temas relacionados ao nosso planeta e a degradação do meio ambiente. O aquecimento global não é nenhuma novidade nos dias atuais, assim como a poluição do ar, o constante acréscimo dos resíduos sólidos e os altos níveis de desmatamento.

A consciência criada sobre os danos ocasionados ao nosso planeta é muito importante. É essencial que tenhamos a compreensão de que vivemos em uma sobrecarga global. No entanto, além de pensarmos sobre isso, precisamos agir. E é justamente o modo local de resolver os problemas que torna o mundo um local melhor. 

A compostagem é um exemplo prático de como podemos melhorar a nossa relação com o descarte de resíduos orgânicos. Através da técnica, oferecemos um destino feliz ao que iria para o lixo comum ou até mesmo a rua. 

O processo ocorre quando microrganismos, como bactérias e fungos, degradam a matéria orgânica e transformam-a em húmus, responsável por fornecer nutrientes para as plantas, regular as populações de micro-organismos e tornar os solos férteis.

É complexo definir apenas um único benefício da compostagem doméstica. Por isso, resolvemos listar as principais vantagens da realização do processo: 

  • Redução de até 50% do volume total de lixo produzido em ambientes residenciais;
  • Produção de fertilizantes naturais e gratuitos, sem a necessidade de utilização de produtos sintéticos;
  • Redução da emissão de gases poluentes, derivados do processo de transporte dos resíduos orgânicos; 
  • Diminuição do volume em aterros sanitários e evitar a geração de ingredientes poluentes, como o chorume tóxico (a substância é produzida pela decomposição do lixo, sendo considerado um grave problema ambiental, por estar presente em abundância nos aterros).

Entenda como criar um sistema de compostagem na sua própria casa

No artigo sobre compostagem doméstica, explicamos como realizar uma composteira em sua própria casa ou apartamento. 

Para criar a sua, acompanhe as dicas abaixo:

  1. Separe 3 caixas plásticas escuras (sendo uma com tampa), folhas secas, galhos pequenos e cerca de 100 minhocas (podem ser obtidas em floriculturas ou pecuárias).
  2. Empilhe as caixas em três níveis. Nas duas caixas superiores será feita a compostagem e por isso elas devem ter pequenos furos, que farão a “comunicação” entre as caixas. A caixa inferior servirá apenas para a coleta do resíduo líquido orgânico.
  3. Forre o fundo da caixa superior com folhas secas, pequenos galhos ou serragem. Essa camada funciona como “dreno” para a composteira. Posteriormente, coloque a terra com minhocas e depois aplique os resíduos orgânicos.
  4. Cubra os resíduos com outra camada de folhas secas para contribuir com a oxigenação.
  5. Feche a caixa e aguarde. Durante os dias seguintes, faça depósitos diários de resíduos até que ela seja preenchida. Assim que estiver completa, basta colocar essa caixa para baixo e subir uma vazia para recomeçar o processo, não sendo preciso inserir novas minhocas.

Depois de aproximadamente três meses já é possível utilizar o adubo. Na última caixa, ficará acumulado o resíduo líquido orgânico que, diluído, pode ser usado para regar plantas e hortas.

Tipos de resíduos orgânicos para compostagem

Existem diversos tipos de resíduos orgânicos que podem ser reaproveitados na compostagem. Entre os restos de alimentos temos os talos e casca de verduras e frutas, cascas de ovo e borra de café – inclusive com o filtro de papel.

Além disso, você pode utilizar restos de alimentos cozidos ou assados, mas evitar o excesso de sal e conservantes dos alimentos processados. Esse tipo de material não pode estar úmido, por isso se deve adicionar pó de serra em cima dos restos.

Então, gostou de saber mais sobre a composteira caseira? Comente! 

Deixe seu comentário abaixo